• Tina

Preparando um cardápio caseiro e cheio de personalidade – Dicas da Tina

Atualizado: Ago 15

Está organizando uma festa e quer dar um toque caseiro na alimentação? Legal! Essa é uma oportunidade para escolhas mais saudáveis, sustentáveis, criativas, e econômicas, além de ser super gostoso.


Na hora do “vamo vê”, sei que equilibrar sabor, apresentação e praticidade pode ser difícil e o caos e stress moram ao lado. Esse post foi elaborado com carinho, para te ajudar nesse momento.

Antes de qualquer coisa: conte com sua rede de apoio! (Seria este o mantra da Festtina?) Quando dividimos as tarefas com quem quer ajudar de bom grado, fica mais fácil para todos. Essa pessoa é sua mãe, seus irmãos, amigas e amigos próximos? Às vezes estão ansiosos para ajudar, mas não sabem como fazer sem invadir seus planos.


Outra dica de ouro é o self-service, ou empoderamento do convidado (hahaha)! Recomendo pensar em um cardápio e organização de festa que permita que cada um possa se servir. Assim, evitamos desperdício e também aquela função da tia-avó de ficar servindo.


Outra dica que a diva Rita Lobo dá na hora de organizar festa em casa é: escolha até 2 pratos e faça em grande quantidade. Tem uma especialidade? Vai na fé! Não tem? Separamos algumas dicas para vocês:


Bebidas para festa

Você pode fazer água saborizada, limonada, sangria, poncho ou servir refrigerante, se insiste...! Minha dica especial é o mate com limão, que pode facilmente ser multiplicado:


Queridinho não só em Ipanema, o chá mate com limão é refrescante, delicioso e muito fácil de servir. A dica é preparar uma boa quantia de chá bem concentrado com limão espremido e açúcar, e deixar para colocar o gelo e água para diluição na hora da festa, repondo aos poucos. Se você tiver uma suqueira para servir, fica lindo com rodelas de limão!



Comida para festa

Confesso que tenho medo de errar as quantidades, então normalmente compro esfihas de uma loja do nosso bairro que eu amo, e complemento com outros pratos feitos em casa. As medidas das receitas abaixo são para a “porção mínima”, vocês podem multiplicar de acordo com o número de convidados.


Guacamole

2x abacates (ou 4x avocados)

3x tomates pelados e sem semente

1x limão

1x cebola

Sal, pimenta e coentro a gosto


Coloque a polpa do abacate em uma tigela média. Pique a cebola em pedacinhos pequenos e finos, corte o tomate em pedacinhos pequenos e coloque-os na tigela também. Não precisa se estressar com as sementes - o melhor é fazer sem, para a guaca não ficar aguada, mas se sobrar um pouquinho não tem problema. Se quiser acrescentar o coentro, essa é a hora! Corte fininho e acrescente à tigela.


Misture tudo com a mão. O segredo é não apertar muito, para que o abacate não perca a firmeza. Acrescente o suco do limão, sal e a pimenta. Você pode colocar uma dedo de moça picada bem pequenininho para um resultado mais picante, ou pimenta do reino moída na hora para um sabor mais suave. ¡Listo! Sirva com Doritos sem sabor.


Ilha de Patês

São mil e uma opções, mas meus queridinhos são o patê de atum e o paté de queijo brie (chique!).

O segredo para o patê de atum é comprar o atum sólido - misture uma latinha com cerca de 150g de maionese, um macinho de salsinha e azeitonas picadas. Simples & Sucesso!


Para o patê de queijo brie, compre uma fatia de brie mais pastoso e menos firme. Corte em pedaços pequenos, acrescente 150g de cream cheese, cebolinha (ou cebolete 😋) picada. Misture um pouco e acrescente um choro de creme de leite - você vai sentir o ponto ideal, porque até então a massaroca vai estar bem dura. Vá colocando até atingir a cremosidade ideal do patê.



Caldos & Carne Louca

Gosto também de deixar um cantinho para um caldo ou carne louca. É uma boa opção para o horário pós-almoço, quando alguns convidados (ou você mesmo!) não conseguiram almoçar antes da festa.

Não nego que minha musa é a Rita Lobo, então deixo aqui o link para os favoritos da nossa casa: caldinho de feijão, que servimos com porçõezinhas self-service de cebolinha, alho desidratado e bacon. A carne louca servimos com pãozinho e mostarda de dijon para os chiques - delícia!

Nasci nos anos 90 e cresci com a convicção de que cozinhar é legal, mas não essencial. Sou mãe de primeira viagem, e fui colocar o pé na cozinha para além do lazer quando minha filha começou a introdução alimentar. Estou falando isso pra compartilhar que cozinhar não é meu talento natural.

Minhas dicas nesse post são simples, mas a intenção é a melhor: sim, vocês também conseguem fazer uma festa gostosa e caseira sem se descabelar. Comece aos poucos, e conforme sentir segurança, você vai se ver também fazendo adaptações nas receitas e acrescentando um pouco mais do seu toque especial.


Queremos muito ouvir suas dicas e aventuras culinárias! Qual é o prato que faz sucesso nas suas festas de aniversário? Esse espaço é de vocês também, escrevam nos comentários abaixo, ou se estiver tímido/a, escreva diretamente para a Tina!


Beijos e até a próxima!

9 visualizações

A Festtina desenvolve e comercializa itens exclusivos para decoração de festas. Pensamos em cada projeto com muito carinho, e produzimos tudo com consciência.

Feito com 🖤 em São Paulo

QUER FICAR POR DENTRO DAS NOVIDADES?

  • Grey Facebook Ícone
  • Grey Instagram Ícone
  • Grey Pinterest Ícone
  • Cinza ícone do YouTube

Festtina © 2020. Todos os direitos reservados.